Mais de 42 novos agrotóxicos são aprovados pelo Ministério da Agricultura

O Ministério da Agricultura (MA) aprovou o registro de 42 defensivos agrícolas, totalizando 211 neste ano. As aprovações foram publicadas no Diário Oficial da União desta segunda-feira (24) e incluem apenas ingrediente ativo novo (o chamado produto técnico).

Desse total, apenas um produto traz um ingrediente ativo novo, os demais são produtos genéricos que já estavam presentes em outros produtos existentes no mercado. Os pesticidas são de fabricantes como Dow Agrosciences , Bayer e Syngenta, e aguardavam liberação há quatro anos, informa o G1.

“As aprovações de novos produtos técnicos equivalentes significam que novas fábricas estão autorizadas a fornecer ingredientes ativos para fabricação dos produtos formulados que já estão registrados, possibilitando um aumento na concorrência no fornecimento industrial destas substâncias”, disse em nota o Coordenador-Geral de Agrotóxicos e Afins da Secretaria de Defesa Agropecuária, Carlos Venâncio.

O Ministério da Agricultura ressalta que o objetivo da aprovação de produtos genéricos é baratear o preço dos defensivos, o que faz cair o custo de produção e, consequentemente, os preços dos alimentos para o consumidor brasileiro.

A pasta disse que ganhou velocidade nos registros após medidas para desburocratização implementadas nos últimos três anos, em especial na Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Nos próximos meses, mais seis ingredientes ativos hoje comercializados por apenas uma empresa também devem ter genéricos registrados”, acrescentou o ministério.

24/06/2019