Direção do IBGE propõe cortes em questionário do Censo 2020

O diretor de pesquisas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Eduardo Rios-Neto, apresentou nesta 2ª feira (27.mai.2019) ao Conselho Consultivo do Censo Demográfico uma proposta para reduzir o questionário para a pesquisa de 2020. As informações são do Valor Econômico.

Segundo o jornal, o questionário básico do levantamento tem 27 perguntas, 10 a menos do que o previsto nos testes realizados em 2018. O questionário completo foi reduzido de 112 para 70 perguntas.

Entre os itens que poderiam ser excluídos estão perguntas sobre renda, imigração, gastos com aluguel e posse de bens.

Para a diretoria do IBGE, 1 questionário menor economizaria tempo dos pesquisadores, que poderiam visitar mais casas, reduzindo os custos para realizar o estudo.

Orçamento

Realizado a cada 10 anos, o Censo é a maior pesquisa feita pelo IBGE, com visitas a todos os 5.570 municípios brasileiros. O objetivo é fazer 1 retrato da população brasileira para contribuir na formulação de políticas públicas e na destinação de verbas. Ao todo cerca de 250 mil pessoas estarão envolvidas na coleta e análise dos dados.

A última edição da pesquisa foi em 2010. Para 2020, a presidente do IBGE, Susana Cordeiro Guerra, empossada em fevereiro, defende a redução do questionário do estudo. O orçamento do Censo foi reduzido em 25% em abril deste ano para R$ 2,3 bilhões.

28/05/2019